Ferroviária e Guarani nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília), na Fonte Luminosa, em partida remarcada e que encerrará a quinta rodada do Campeonato Paulista. O ge acompanha o jogo em Tempo Real, com vídeos exclusivos dos principais lances (CLIQUE AQUI e acesse).

O confronto faz parte dos jogos reorganizados pela Federação Paulista de Futebol (FPF) em função do ajustamento do calendário após quase quatro semanas de paralisação causada pela pandemia do coronavírus.

A Ferroviária vem de derrota para o Novorizontino por 3 a 1, no último sábado, e busca sua reabilitação para também manter a vice-liderança do Grupo B. Com dez pontos, a Locomotiva já vê sua posição ameaçada pela Ponte Preta, que encostou.

Para se recuperar no Paulistão, a AFE conta com seu ótimo retrospecto como mandante, já que venceu seus três jogos nesta condição - contra Inter de Limeira, Botafogo-SP e Corinthians.

O Guarani vem de quatro jogos sem vencer e precisa somar pontos não só para se manter na briga por uma vaga às quartas de final, mas também para se afastar da temida zona de rebaixamento, já que tem apenas cinco pontos até aqui e aparece na 13ª posição geral. Além disso, uma boa atuação pode ser fundamental para que a comissão técnica tenha tranquilidade na sequência da competição.

Ferroviária - Técnico: Pintado

Os atacantes Everton e Felipe Marques, titulares nos primeiros cinco jogos da AFE no Paulistão sofreram contusões musculares e são dúvidas para enfrentar o Guarani. Na última partida, Pintado optou pelas entradas de Hygor e Rogério, que balançou a rede pela segunda vez neste estadual. Como Hygor não teve um boa atuação, ele pode ser sacada do time. O jovem Julio Vitor, de 20 anos, que foi elogiado contra o Novorizontino, além de Anderson Rosa, aparecem como opções. O resto do time deve ser mantido pelo técnico afeano.

Escalação provável: Saulo; Diogo Mateus, Matheus Salustiano, Xandão e Arthur; Higor Meritão, Vinicius Zanocelo e Renato Cajá; Hygor (Felipe Marques, Julio Vitor ou Anderson Rosa), Rogério e Bruno Mezenga.

Desfalques: Everton e Felipe Marques (lesões musculares, são dúvidas).

Pendurado: Bruno Mezenga.

Guarani - Técnico: Alan Aal

O Bugre não vai poder contar com o meia Régis, principal articulador da equipe, que ficou fora dos treinamentos para o jogo por conta de um quadro de suspeita de dengue. Tony, que atuou na posição nas primeiras rodadas, também está fora, por força do contrato de empréstimo junto à Ferroviária. Com isso, o técnico deve puxar Andrigo para jogar centralizado e promover a entrada de Matheus Davó entre os titulares.

Escalação provável: Gabriel Mesquita, Éder Sciola, Romércio, Airton e Bidu; Índio, Rodrigo Andrade e Andrigo; Davó, Júlio César e Bruno Sávio.

Desfalques: Régis (suspeita de dengue) e Tony (cálculo renal e impedimento contratual).

Pendurados: Bidu e Rodrigo Andrade.

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto

Árbitro Assistente 1: Alex Alexandrino

Árbitro Assistente 2: Paulo Cesar Modesto

Quarto Árbitro: Flávio Roberto Mineiro Ribeiro

VAR: Pericles Bassols


FONTE: Ferroviária x Guarani: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem | campeonato paulista | ge (globo.com)

Deixe seu Comentário